Sobre nós

Levar desenvolvimento e qualidade de vida para as famílias sem comprometer o planeta. É assim que todos devemos nos comportar através da educação ambiental ao desenvolvimento de novas tecnologias produtivas, tendo o meio ambiente como prioridade. O aproveitamento das fontes renováveis de energia e soluções de eficiência energética ganham destaque nas iniciativas das empresas. Onde permitem elevar a qualidade de vida de famílias e incrementar atividades econômicas, no entanto, sem agredir a natureza. Projetos assim evitam a adoção de medidas com alto impacto ambiental. saiba mais »
Loja Redmax

Redes Sociais

RSS Feed Twitter Facebook Delicious

Cadastre seu e-mail

Salvem os Recifes de Coral

Postado por Defensor da Natureza em 30 de agosto de 2013 recebeu: 0 Comentários »

Você sabia que além das nossas florestas e suas diversas espécies também temos uma ainda maior embaixo dos nossos oceanos? Conheça agora tudo sobre os recifes de corais e sua importância para o nosso planeta.

Os recifes de corais são formados com o acúmulo de corais e do calcário de certas algas. Com o tempo, em condições favoráveis, um recife de coral pode transformar-se numa ilha ou, pelo menos, em um atol (ilha oceânica em forma de anel com estrutura coralínea e de outros invertebrados, constituindo em seu interior uma lagoa, sem nenhuma aparente conexão com as rochas da Crosta).

Os recifes de coral são ecossistemas com grande produtividade e grande biodiversidade que, em muitos casos, suportam importantes pescarias e o turismo. A própria rocha é também utilizada em construção, principalmente em recifes que já formam parte da terra firme.

Tal como as florestas tropicais, os recifes de coral são habitados por uma variedade espantosa de vida selvagem cobrindo uma área total correspondente à metade da França, os recifes de coral constituem um dos ecossistema mais diversos existentes na face da Terra. São o lar de cerca de 4 mil espécies de peixes e 800 espécies de corais que constroem os recifes. Mas são também um dos ecossistemas mais ameaçados: cerca de 60% dos nossos recifes estão em risco, estando 25% já em alto risco.

Os recifes de Coral estão distribuídos em 101 países. Os principais países com corais são a Indonésia (18%), Austrália (17%), as Filipinas (9%), Guadalupe + Polinésia Francesa+ Martinica+ Nova Caledônia+ ilhas Reunião (5%) e Papua- Nova Guiné (5%).

No Brasil os recifes de coral ocupam áreas imensas, cerca de três mil quilômetros de costa e são as únicas formações do tipo no Atlântico Sul. Das 350 espécies de corais existentes no mundo todo, 18 delas encontram-se no Brasil, sendo que oito só existem em mares brasileiros.

 

Sob ameaça

Muitas são as ameaças que os recifes de corais têm de enfrentar- algumas são naturais como por exemplo, os furacões e as pragas de estrelas-do-mar que devoram coral, mas as principais são provocadas pelo próprio homem. Os recifes são alvo de pesca excessiva, são bombardeados, envenenados e asfixiados. O turismo não controlado é também um problema- os mergulhadores destroem frequentemente corais ao pisarem neles, enquanto as âncoras dos barcos podem rasgar os frágeis solos onde os recifes crescem.
A pesca excessiva é particularmente perigosa aos recifes de coral, explosão com dinamite na superfície das águas, e o uso de cianeto para atordoar e capturar peixes de ornamento para aquários.

 

Importância e Benefícios dos Recifes de Corais

Os recifes de corais abrigam uma parte fundamental da cadeia alimentar marinha, e sua extinção seria desastrosa para o equilíbrio natural. Os recifes não se desenvolvem em águas frias, somente onde a temperatura chega a cerca de 20º. Os recifes de corais são também uma barreira natural que protege a terra da erosão pelo mar, diminuindo a força das ondas. Também são uma fonte de alimento importante para o homem, pois produzem toneladas de peixes, sendo um viveiro natural de diversas espécies marinhas. Os cientistas também tem feito importantes descobertas acerca do valor medicinal dos corais encontrados no fundo dos oceanos.

 

Como ajudar a salvar os recifes?

A preservação começa em casa. Como contribuir para isso?

• Não produza lixo: metade do lixo enviado pelo homem para o oceano são plásticos, que podem ser armadilhas e sufocar os animais marinhos.

• Não apanhe espécies corais nem compre produtos feitos de coral

• Não jogue restos de comida pelo cano abaixo; isso encoraja o crescimento de algas que podem matar os corais

• Apoie os organismos de preservação locais e internacionais

Não é fácil ajudar amiguinho? Então divulguem nas redes sociais nosso post e ajude a preservar os maravilhosos recifes de corais!

Postado em: Meio Ambiente, Natureza, Rios e Lagos



Resposta