Sobre nós

Levar desenvolvimento e qualidade de vida para as famílias sem comprometer o planeta. É assim que todos devemos nos comportar através da educação ambiental ao desenvolvimento de novas tecnologias produtivas, tendo o meio ambiente como prioridade. O aproveitamento das fontes renováveis de energia e soluções de eficiência energética ganham destaque nas iniciativas das empresas. Onde permitem elevar a qualidade de vida de famílias e incrementar atividades econômicas, no entanto, sem agredir a natureza. Projetos assim evitam a adoção de medidas com alto impacto ambiental. saiba mais »
Loja Redmax

Redes Sociais

RSS Feed Twitter Facebook Delicious

Cadastre seu e-mail

RIO +20

Postado por Defensor da Natureza em 26 de junho de 2012 recebeu: 0 Comentários »

A Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, foi realizada de 13 a 22 de junho de 2012, na cidade do Rio de Janeiro. Rio+20 é assim conhecida porque marca os vinte anos de realização da Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento e deverá contribuir para definir o desenvolvimento sustentável para as próximas décadas.

O objetivo da Conferência é a renovação do compromisso político com o desenvolvimento sustentável e teve dois temas principais: 

  • A economia verde no contexto do desenvolvimento sustentável e da erradicação da pobreza.
  • A estrutura institucional para o desenvolvimento sustentável. 

 

 A “economia verde” constitui um instrumento para a aplicação de políticas e programas com objetivo de fortalecer a implementação dos compromissos de desenvolvimento sustentável em todos os países da ONU. Para o Brasil, a “economia verde” deve ser sempre avaliada no contexto do desenvolvimento sustentável e da erradicação da pobreza, uma vez que os temas de economia e de meio ambiente não podem ser separados das preocupações de forma social.

 O debate sobre “economia verde” aponta para oportunidades de complementar e instigar atividades para atender às diferentes realidades sociais, esta redução de desigualdade em nível nacional e internacional é fundamental para realização do desenvolvimento sustentável no mundo.

Esta é a base gerada e discutida de um dos principais temas, que foi fruto das diversas reuniões preparatórias, feitas meses antes do evento com a participação dos 193 representantes dos Estados-membros. Estas discussões que ocorreram no evento contaram com a participação destes Representantes de Estados-membros, participação da Sociedade Civil, que desde a Rio-92 participa de forma essencial no evento, seja com suas organizações não-governamentais registradas junto à ONU, ou então, com a participação de indivíduos como eu e você que contribuíram com envio de sugestões e também participaram em áreas reservadas pela ONU.

Toda esta base, e também todos estes participantes, seja com uma visão governamental (representantes de Estados) ou não-governamental (sociedade), fizeram parte da Rio+20, que tenta fazer nosso país e mundo mais conscientes e também fundamentar estas opiniões em estatutos para que o nosso Meio Ambiente seja cada vez mais preservado com os avanços da sustentabilidade.

Com isso poderemos ter: o futuro que queremos, “Se você pudesse construir o futuro, o que você gostaria de fazer?”. Esta é uma das perguntas fundamentais que as Nações Unidas faz a sociedade. Pense na maneira que você cuida do meio ambiente e como está construindo o seu, o nosso futuro. Vamos fazer deste mundo, um mundo melhor!

Postado em: Meio Ambiente



Resposta