Sobre nós

Levar desenvolvimento e qualidade de vida para as famílias sem comprometer o planeta. É assim que todos devemos nos comportar através da educação ambiental ao desenvolvimento de novas tecnologias produtivas, tendo o meio ambiente como prioridade. O aproveitamento das fontes renováveis de energia e soluções de eficiência energética ganham destaque nas iniciativas das empresas. Onde permitem elevar a qualidade de vida de famílias e incrementar atividades econômicas, no entanto, sem agredir a natureza. Projetos assim evitam a adoção de medidas com alto impacto ambiental. saiba mais »
Loja Redmax

Redes Sociais

RSS Feed Twitter Facebook Delicious

Cadastre seu e-mail

Os inseparáveis românticos da floresta

Postado por Defensor da Natureza em 18 de novembro de 2013 recebeu: 0 Comentários »

Os inseparáveis fazem jus ao seu nome. Um par de inseparáveis dão um ao outro bastante afeto, aninhando –se e coçando a cabeça um do outro. Essas expansivas aves formam um ligação com o seu parceiro que dura uma vida. Esses pequenos e acrobáticos papagaios variam em comprimento de 13 a 17 cm, dependendo das espécies. O menor é o inseparável de Madagascar. Todas as nove espécies são originalmente provenientes da África. Os inseparáveis são geralmente verdes com manchas de cores brilhantes e anéis em volta dos olhos, nus ou com penas brancas, que caracterizam cada espécie. São muito dotados na mímica.

Os Agapornis, se vistos na natureza, sempre voam aos pares. Após o acasalamento, o casal raramente se separa, permanecendo unidos até morrerem. Se for criado sozinho, torna-se triste e reservado numa primeira fase, e numa fase posterior pode vir a morrer de tristeza. Um casal manifesta a sua ligação efetuando allopreening mutuamente, foi este comportamento que deu origem a serem chamados inseparáveis, quando se aproxima a época de reprodução o macho começa a alimentar a fêmea com maior frequência e ocasionalmente este tipo de comportamento é recíproco. Em cativeiro dois machos ou duas fêmeas podem se comportar como sendo um verdadeiro casal se não tiverem acesso a parceiros do sexo oposto. Essa necessidade de viver aos pares leva a que sejam conhecidos por Inseparáveis ou Aves do Amor (Love Birds). Podem tornar-se muito sociáveis como os seus donos, mas precisam de muita atenção e carinho.

Estatísticas:

Estado: O de-face-negra está em perigo; o Ficher, mascarado e Nyasa são vulneráveis; os restantes são localmente comuns;
Envergadura das asas: 23-30 cm;
Comprimento: 13-17 cm;
Peso: Cerca de 50 g;
Migração: Não migrante
Dieta: Frutos, sementes, nozes, ervas e insetos;
Longevidade: 6-7 anos (12 em cativeiro)

 

Postado em: Animais Silvestres



Resposta