Sobre nós

Levar desenvolvimento e qualidade de vida para as famílias sem comprometer o planeta. É assim que todos devemos nos comportar através da educação ambiental ao desenvolvimento de novas tecnologias produtivas, tendo o meio ambiente como prioridade. O aproveitamento das fontes renováveis de energia e soluções de eficiência energética ganham destaque nas iniciativas das empresas. Onde permitem elevar a qualidade de vida de famílias e incrementar atividades econômicas, no entanto, sem agredir a natureza. Projetos assim evitam a adoção de medidas com alto impacto ambiental. saiba mais »
Loja Redmax

Redes Sociais

RSS Feed Twitter Facebook Delicious

Cadastre seu e-mail

Origami, a arte milenar da reciclagem.

Postado por Defensor da Natureza em 14 de junho de 2013 recebeu: 0 Comentários »

No dia 18 de Junho se comemora o Dia da Imigração Japonesa, por isso hoje vamos contar para você mais sobre essa chegada dos japoneses em nosso país e curiosidades sobre a arte de fazer origamis e como isto está relacionado com a reciclagem.

A imigração japonesa no Brasil começou no início do século XX, em função de um acordo entre os governos japonês e brasileiro. O Japão tinha um problema de super população  e o Brasil necessitava de mão-de-obra para os cafezais. A colônia japonesa do Brasil é a maior do mundo. Hoje, composta por 1,5 milhões de nikkeis (japoneses e seus descendentes).

Os imigrantes japoneses trouxeram para nós sua cultura a qual é muito rica e interessante e hoje vamos conhecer uma delas, o origami.

Quase todo mundo já sabe o que é o origami, mas você conhece a história por trás dele e o como isso pode trazer muitas coisas boas para seu dia-a-dia?

A história do origami começa no Japão, em meados do período Edo (por volta de 1603 até 1897), onde essa arte de fazer dobraduras com papel para se assimilarem à animais ou coisas de nosso cotidiano, se tornaram frequentes entre muitas pessoas. Isso foi até passado para a Alemanha, entre os Mouros e Norte-Americanos, como uma forma de criar cada vez mais formas ainda mais magníficas.

Durante séculos não existiram instruções para criar os modelos origami, pois eram transmitidas verbalmente de geração em geração. Esta forma de arte viria a tornar-se parte da herança cultural dos japoneses. Em 1797 foi publicado um livro (Hiden Senbazuru Orikata) contendo o primeiro conjunto de instruções origami para dobrar um pássaro sagrado da Índia. O Origami tornou-se uma forma de arte muito popular, conforme indica uma impressão em madeira de 1819 intitulada “Um mágico transforma folhas em pássaros”, que mostra pássaros a serem criados a partir de folhas de papel.

Confira alguns dos milhares de tipos de origamis que podemos criar:

Se aplicarmos isso hoje em dia, podemos ver que não só os japoneses começaram com uma nova arte, mas também uma ótima ideia sobre reciclagem.

Veja só uma maneira super simples de criar um origami e cuidar do meio ambiente ao mesmo tempo, que tal substituirmos as sacolinhas plásticas por sacos de papéis de origami? Vamos mostrar para você o passo a passo:

Esperamos que tenha gostado do nosso post e lembre- se de compartilhar com seus amigos nas redes sociais e deixar nos comentários de quais origamis você mais gostou!

Postado em: Curiosidades, Reciclagem



Resposta