Sobre nós

Levar desenvolvimento e qualidade de vida para as famílias sem comprometer o planeta. É assim que todos devemos nos comportar através da educação ambiental ao desenvolvimento de novas tecnologias produtivas, tendo o meio ambiente como prioridade. O aproveitamento das fontes renováveis de energia e soluções de eficiência energética ganham destaque nas iniciativas das empresas. Onde permitem elevar a qualidade de vida de famílias e incrementar atividades econômicas, no entanto, sem agredir a natureza. Projetos assim evitam a adoção de medidas com alto impacto ambiental. saiba mais »
Loja Redmax

Redes Sociais

RSS Feed Twitter Facebook Delicious

Cadastre seu e-mail

O Plástico

Postado por Defensor da Natureza em 29 de novembro de 2010 recebeu: 0 Comentários »

O plástico está em todo lugar, itens de plástico estão ao nosso redor como computador, caneta, telefone e etc. O plástico pode ser moldado em qualquer formato.

O lixo brasileiro contém de 5 a 10% de plásticos que ocupam um considerável espaço no meio ambiente. Do total de plásticos produzidos no Brasil, só reciclamos 15%. Um dos motivos que dificulta a reciclagem é a grande variedade de tipos de plásticos. Uma das alternativas seria definir um tipo específico de plástico para ser coletado.
Os plásticos recicláveis são: potes de todos os tipos, sacos de supermercados, embalagens para alimentos, vasilhas, recipientes e artigos domésticos, tubulações e garrafas de PET, que convertida em grânulos é usada para a fabricação de cordas, fios de costura, cerdas de vassouras e escovas.

Os não recicláveis são: cabos de panela, botões de rádio, pratos, canetas, bijuterias, espuma, embalagens a vácuo, fraldas descartáveis.

Se o produto descartado permanecesse no meio ambiente, poderia estar causando maior poluição, por isso, o ato de jogar plástico fora representa um problema ambiental difícil e importante.

 O plástico permanece no ambiente por séculos, nesse caso a reciclagem é o melhor método. Assim que são coletados para reciclagem, os plásticos passam pelas seguintes etapas:

- inspeção para eliminar elementos contaminantes e tipos inadequados de plástico;

- trituração e lavagem;

- separação com base na densidade;

- secagem;

- fundição;

- drenagem através de telas finas para remover mais elementos contaminantes;

- resfriamento e trituração em grânulos;

- revenda às empresas de plástico.

 O plástico reciclado pode ser utilizado para fabricação de:

- garrafas e frascos;

- baldes, cabides, pentes;

- “madeira – plástica”;

- cerdas, vassouras, escovas e outros produtos que sejam produzidos com fibras;

- sacolas e

- painéis para a construção civil.

A descoberta do plástico revolucionou nossa sociedade, criando uma grande variedade de produtos leves, resistentes, flexíveis com diversas utilizações. Embora eles tenham o problema do descarte, é possível fazer reciclagem. Novas pesquisas podem permitir a produção de novos produtos bioplásticos de fontes renováveis que sejam biodegradáveis e melhores para nosso meio ambiente.

Postado em: Reciclagem



Resposta