Sobre nós

Levar desenvolvimento e qualidade de vida para as famílias sem comprometer o planeta. É assim que todos devemos nos comportar através da educação ambiental ao desenvolvimento de novas tecnologias produtivas, tendo o meio ambiente como prioridade. O aproveitamento das fontes renováveis de energia e soluções de eficiência energética ganham destaque nas iniciativas das empresas. Onde permitem elevar a qualidade de vida de famílias e incrementar atividades econômicas, no entanto, sem agredir a natureza. Projetos assim evitam a adoção de medidas com alto impacto ambiental. saiba mais »

Redes Sociais

RSS Feed Twitter Facebook Delicious

Cadastre seu e-mail

O CAMALEÃO DE JACKSON

Postado por Defensor da Natureza em 18 de maio de 2011 recebeu: 21 Comentários »

Três chifres em sua cabeça fazem o macho dessa espécie parecer um pequeno dinossauro tricerátopo (foi um tipo de dinossauro herbívoro e quadrúpede que viveu no fim do período cretáceo).  Essa não é a única característica distintiva. O camaleão de Jackson camufla-se alterando sua cor, captura a presa com sua rápida língua e fica alerta no perigo, graças aos olhos que se movem independentemente, ou seja, cada olho olha para um lugar. Alimentam-se de insetos, mas ataca por vezes aves e lagartos.

Devido a seus movimentos lentos, é alvo fácil para predadores, tenta escapar trepando em árvores e achatando o seu corpo para parecer maior, se encurralado produz um silvo (assobio) ameaçador e finge-se de morto – deita no chão, põe a língua para fora e muda a cor para castanho-claro. Ele pode mudar de cor devido à excitação, acasalamento, competição entre machos, mudanças na temperatura ou luminosidade.

Geralmente o macho encurrala a fêmea escolhida e acasala antes que ela possa fugir. Se a fêmea avista um macho o ataca e tenta afastá-lo, até que ele perca o interesse e procure outra. Durante o acasalamento os dois ficam imóveis por pelo menos 15 minutos. A fêmea da à luz em um galho, em um saco embrionário, rapidamente a cria se liberta e consegue andar e trepar, nascem castanho-claros e em 4 meses ficam verdes.

 

Você sabia?

- Os dedos apontam em várias direções para firmeza extra em galhos, troncos e folhas.

- Os olhos rodam independentemente um do outro até 180°.

- Bebem água apanhando gotas das folhas e que caem durante a chuva intensa.

- A sua língua pode estender-se até 1 vez e meia o comprimento do seu corpo, lançando-se a velocidades estonteantes para apanhar sua presa. Quando a língua toca a presa muda de forma, formando uma espécie de almofada de sucção na extremidade, depois o músculo da língua contrai e puxa a estrutura e a presa para dentro da boca, isso em uma fração de segundo.

Postado em: Animais Silvestres


21 Respostas de “O CAMALEÃO DE JACKSON”

  1. rafaela disse:

    eu achei muito legal as informacoes por que falam dele quase todas as informacoes.

  2. Leandro disse:

    Achei interessante as informChamaeleo jacksonii
    Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
    Camaleão-de-Jackson

    Classificação científica
    Reino: Animalia
    Filo: Chordata
    Classe: Sauropsida
    Ordem: Squamata
    Família: Chamaeleonidae
    Género: Chamaeleo
    Espécie: C. jacksonii
    Nome binomial
    Chamaeleo jacksonii
    Boulenger, 1896

  3. anna karolina mendes pereira disse:

    eu achei o massimo !!!

  4. maria eduarda disse:

    gostei e decidir estudar sobre ele

  5. leticia disse:

    o camalaão um animal da natureza?

  6. leticia disse:

    achei o maximo essa pesquisa me ajudou a fazer um trabalho de escola

  7. victoria disse:

    amei o jeito que vcs escreveram esse texto

  8. victoria disse:

    está me ajudando muito a fazer uma pesquisa para o meu irmão
    BRIGADOOOOOOOOOOOOOOOOOO!!!!!!!!!!!!!!!!

  9. STEPHANIE LORRAINE disse:

    AMEI E ADOREI

    BEIJOS

    • Defensor da Natureza disse:

      Olá Stephanie,

      Ficamos felizes que tenha gostado e fique sempre de olho em nosso blog que vamos trazer diversas curiosidades do mundo animal e do nosso meio ambiente! Abraços!

  10. bruno disse:

    valeu me ajuduo muito

  11. savio disse:

    sou defenço da natureza amo os animais


Resposta