Sobre nós

Levar desenvolvimento e qualidade de vida para as famílias sem comprometer o planeta. É assim que todos devemos nos comportar através da educação ambiental ao desenvolvimento de novas tecnologias produtivas, tendo o meio ambiente como prioridade. O aproveitamento das fontes renováveis de energia e soluções de eficiência energética ganham destaque nas iniciativas das empresas. Onde permitem elevar a qualidade de vida de famílias e incrementar atividades econômicas, no entanto, sem agredir a natureza. Projetos assim evitam a adoção de medidas com alto impacto ambiental. saiba mais »
Loja Redmax

Redes Sociais

RSS Feed Twitter Facebook Delicious

Cadastre seu e-mail

Dia de Proteção ás florestas

Postado por Defensor da Natureza em 11 de julho de 2013 recebeu: 0 Comentários »

Defensores da natureza, vocês sabem o que se comemora no dia 17 de Julho? É um dia muito importante, é o dia de Proteção ás florestas, vejam abaixo no nosso post especial sobre a origem desta comemoração, o quanto ela é importante e dicas de como cuidar de nossas florestas com apenas um clique.

No dia 17 de julho comemora-se o dia de “Proteção as Florestas” e nesta data, a lenda do Curupira, que existe desde o tempo da Colonização do Brasil é muito lembrada, pelo fato do personagem folclórico ser considerado um protetor das florestas. Seu nome de origem aborígene, quer dizer menino (kuru) e arteiro (pira). Mas é importante ressaltar que o personagem não é maldoso, suas travessuras são apenas para defender a natureza, plantas e animais de pessoas que tentam devastá-los.

Mas na vida real, os protetores das florestas são diversos profissionais, como os engenheiros florestais, os agrônomos, os biólogos, os educadores ambientais etc. Eles são responsáveis por cuidar e fazer a preservação do planeta todos os dias, desenvolvem projetos contra o desmatamento de áreas ou para salvar espécies animais que estão em extinção.

O nosso país concentra um terço das florestas tropicais do mundo, mas apenas 1,99% é protegido por unidades de conservação. Essa porcentagem está bem abaixo da média mundial, que é de 6%.

Por isso é muito importante em especial nesta data conscientizar a população brasileira da necessidade de manter e recuperar as áreas verdes devastadas, principalmente por fatores não naturais (atividade humana), como especulação imobiliária, abertura de estradas e espaço para a agricultura.

Em termos de diversidade biológica, o Brasil tem uma situação ímpar no mundo. Calcula-se que cerca de um terço da biodiversidade mundial esteja aqui, em ecossistemas únicos como a Floresta Amazônica, a Mata Atlântica, os cerrados, áreas úmidas e ambientes marinhos, entre outros. Só a Amazônia, o maior dos biomas da América do Sul, é metade das florestas tropicais do mundo, com valores altíssimos em termos de biodiversidade, além do enorme potencial genético.

A Mata Atlântica é o bioma que teve o mais alto grau de desmatamento e consequentemente o mais alto grau de perda dos habitats originais. Hoje, o que restou, menos de 8% de sua área primitiva, está fragmentado, sendo melhor a situação na em São Paulo, e pior no interior.

Quando uma floresta deixa de existir, perdemos fauna e flora e isso pode provocar, ainda, o desequilíbrio da cadeia alimentar. Com as espécies carnívoras diminuindo, cresce o número de herbívoros, que podem vir a extinguir mais tipos de vegetais.

A perda da cobertura vegetal causa a degradação do solo e, consequentemente, a desertificação. A destruição das florestas afeta, também, o clima, já que elas têm importante papel na manutenção da temperatura, nos ventos e no ciclo das chuvas.

Eis algumas dicas de como vocês podem ajudar as nossas florestas:

* Não jogue pontas de cigarro, principalmente as acesas na mata;
* Evite fazer fogueiras, principalmente num dia de muito vento. Uma fogueira pode dar início a um grande incêndio;
* Não solte balões ou fogos de artifício na mata. Rojões e bombinhas tem um grande poder calórico, e muitas vezes, após o estouro, ainda permanecem com fogo e brasas, o que pode iniciar um foco de incêndio se caírem em terreno propício;
* Procure comprar objetos de madeira extraída de áreas em reflorestamento. Certifique-se que o fornecedor é amigo do ambiente;
* Evite comprar objetos de madeira extraída de árvores ameaçadas de extinção, como a castanheira, o pinheiro-do-Pará e o pau-brasil;
* Controle o seu consumo de papel;
* Use sempre os dois lados da folha de papel, antes de jogá-la fora;
* Dê preferência à compra de papel reciclado;
* Recicle seu papel;
* Explique aos seus amigos e conhecidos a fundamental importância de nossas florestas para o planeta.

Amiguinhos o que vocês acharam sobre o nosso post? Agora vamos dar uma super dica de como ajudar as nossas florestas com apenas um único clique do mouse.

Ajudem a Liga das florestas, assinando pelo Desmatamento Zero, e assim vocês ajudam a levar para o Congresso uma Lei popular pelo fim da destruição das florestas. Acesse agora mesmo: www.ligadasflorestas.org.br

Postado em: Datas comemorativas, Desmatamento, Meio Ambiente



Resposta