Sobre nós

Levar desenvolvimento e qualidade de vida para as famílias sem comprometer o planeta. É assim que todos devemos nos comportar através da educação ambiental ao desenvolvimento de novas tecnologias produtivas, tendo o meio ambiente como prioridade. O aproveitamento das fontes renováveis de energia e soluções de eficiência energética ganham destaque nas iniciativas das empresas. Onde permitem elevar a qualidade de vida de famílias e incrementar atividades econômicas, no entanto, sem agredir a natureza. Projetos assim evitam a adoção de medidas com alto impacto ambiental. saiba mais »
Loja Redmax

Redes Sociais

RSS Feed Twitter Facebook Delicious

Cadastre seu e-mail

Conheça um animal um tanto diferente, o Vombate.

Postado por Defensor da Natureza em 10 de fevereiro de 2016 recebeu: 0 Comentários »

Os Vombates (Wombates) pertencem a família de marsupiais originários da Austrália. Você já ouviu falar neles?
Esses fofos vivem em ilhas da Austrália, são super peludos, grandes e podem pesar até 40 kg, mas isso quando são adultos, pois filhotes, olhem só como são:

Eles são adeptos a vida noturna, e adoram dormir, afinal chegam a ficar até 16 horas por dias dormindo. Isso por causa do seu metabolismo lento.
Mas quando acordados são bem espertos, são ótimo cavadores, não criam apenas buracos. Vombates são capazes de criar túneis subterrâneos com várias conexões, onde são ocupados por suas famílias.

Uma curiosidade que você não vai imaginar!
Para procriarem precisam da atenção da fêmea, e é por isso que esses animais costumam posicionar as fezes que produzem em lugares próximos às suas tocas, para que o cheiro exalado seja capaz de atrair alguma fêmea. Outra curiosidade: as fezes desses bichos tem formato cúbico – e eles produzem de 80 a 100 cubinhos por dia!

Realmente muito diferente esse nosso amiguinho da natureza, não é mesmo?
E infelizmente eles estão em perigo . Os Vombates estão sofrendo de uma doença chamada sarna sarcóptica que foi introduzida na Austrália através de atividades humanas. O ácaro que causa a sarna provoca ferimentos na pele que se tornam em miíases (bicheiras) e sépticos. Isto leva a uma morte longa, lenta e dolorosa para os Vombates.
Mas atualmente os veterinários começaram a receber um treinamento para lidar com a saúde de animais nativos. Estudos comportamentais sobre os Vombates são poucos e limitados no seu âmbito. Como resultado, os Vombates são mal compreendidos e aqueles que tentam erguer e reabilitar Vombates feridos e órfãos têm dificuldades em dar-lhes a atenção médica adequada e em ajudar os outros a entender as melhores formas de conviver com esses animais.

Estaremos todos na torcida para que esses animais continuem bem na natureza. E que possam cada vez mais cuidar dos Vombates.

Postado em: Animais Silvestres



Resposta