Sobre nós

Levar desenvolvimento e qualidade de vida para as famílias sem comprometer o planeta. É assim que todos devemos nos comportar através da educação ambiental ao desenvolvimento de novas tecnologias produtivas, tendo o meio ambiente como prioridade. O aproveitamento das fontes renováveis de energia e soluções de eficiência energética ganham destaque nas iniciativas das empresas. Onde permitem elevar a qualidade de vida de famílias e incrementar atividades econômicas, no entanto, sem agredir a natureza. Projetos assim evitam a adoção de medidas com alto impacto ambiental. saiba mais »
Loja Redmax

Redes Sociais

RSS Feed Twitter Facebook Delicious

Cadastre seu e-mail

Como os Mamíferos se comunicam !

Postado por Defensor da Natureza em 30 de março de 2011 recebeu: 0 Comentários »

Os animais podem não falar, mas certamente se comunicam e transmitem uma grande variedade de informações tanto aos de sua própria espécie quanto aos de outras espécies.

Podem comunicar aos outros o local onde se encontram, avisar sobre a existência de alimento e atrair um parceiro. Podem até mesmo localizar suas crias em uma grande manada ou avisar os outros sobre a presença de um predador.

Os métodos podem variar muito, como através do toque que é importante para algumas espécies e que pode ser utilizado para confortar, estabelecer um domínio ou manter laços amistosos.

Os macacos, por exemplo, estabelecem suas relações sociais cantando e eliminando parasitas uns dos outros e ainda removendo a pele morta entre eles.

As lontras (Mamífero carnívoro que vive nas margens dos rios. Alimenta-se de peixes) esfregam os focinhos e tocam-se com o nariz, para manter os laços sociais e deixar marcas odoríferas (que tem cheiro).

As substâncias químicas, chamadas feromônios, ajudam os mamíferos a reconhecer outros animais da sua espécie, marcar território, localizar presas ou potenciais parceiros.

Todos os mamíferos emitem sons e cada som tem um significado. Os golfinhos possuem uma gama de sons vocais tão ampla que os cientistas pensam mesmo tratar-se de uma linguagem. Cada golfinho tem um assobio próprio, como se tratasse de uma assinatura individual.

Muitos mamíferos possuem visão aguçada, por isso os sinais visuais são importantes. Como por exemplo, o lobo olhar fixamente e eriçar o pêlo para mostrar agressividade ou baixar o corpo e as orelhas para indicar submissão.

Existem também sinais permanentes e distintivos, como a risca branca da cauda da doninha, que os predadores aprenderam a distinguir como um aviso – se não for deixada em paz, o agressor é atingido com o esguicho de um liquido de odor pestilento.

Você sabia?

- Além das orelhas, os elefantes utilizam suas patas para ouvir. Elas são tão sensíveis que conseguem detectar os ruídos de baixa frequência no solo, produzidos por outros elefantes a mais de 30 km de distancia.

- Os chimpanzés são os comunicadores mais inteligentes do mundo animal, “falando” através de uma vasta gama de vocalizações, gestos das mãos, posturas do corpo e expressões faciais.

Postado em: Mamíferos



Resposta