Sobre nós

Levar desenvolvimento e qualidade de vida para as famílias sem comprometer o planeta. É assim que todos devemos nos comportar através da educação ambiental ao desenvolvimento de novas tecnologias produtivas, tendo o meio ambiente como prioridade. O aproveitamento das fontes renováveis de energia e soluções de eficiência energética ganham destaque nas iniciativas das empresas. Onde permitem elevar a qualidade de vida de famílias e incrementar atividades econômicas, no entanto, sem agredir a natureza. Projetos assim evitam a adoção de medidas com alto impacto ambiental. saiba mais »
Loja Redmax

Redes Sociais

RSS Feed Twitter Facebook Delicious

Cadastre seu e-mail

Como cuidar de seus filhotes

Postado por Defensor da Natureza em 20 de setembro de 2013 recebeu: 1 Comentário »

Você tem um cachorrinho ou um gatinho? Então leia este post com muita atenção, pois iremos dar várias dicas de como cuidar do seu filhote!

 

Dicas para quem tem um filhotinho de cachorro:

A primeira coisa a se fazer, é ter consciência de que é difícil pra um filhote, se separar da mãe. Geralmente à partir dos 45 dias de vida você já pode separá-los, mas ajude-o à superar isso. Deixe um objeto pessoal seu com ele na caminha. Pode ser uma roupa, um sapato velho, qualquer coisa que tenha seu cheiro. Isso o ajuda a não se sentir sozinho, e o acalma. Provavelmente, ainda assim, ele irá chorar durante a noite, mas logo ele se acostuma. Tenha paciência.

 

  • Leve o filhotinho ao veterinário regularmente, para que ele possa te orientar sobre quais as vacinas o cãozinho deve tomar, e o intervalo entre elas.
  • Com as vacinas em dia ele já poderá sair para passear, antes disso, não.
  • À partir de 45 dias de vida, você já pode começar a dar banho e ração para seu filhote. Banhos são sempre com sabão de côco ou shampoo neutro. Use sempre água morna, e coloque algodão nos ouvidos, para evitar a entrada de água. Nunca dê banhos com shampoos anti-pulgas antes dos 6 meses, você pode intoxicar seu cão.
  • Filhotes até os 3 meses devem comer 4 vezes ao dia, e à partir do 4º mês, você pode dar ração 3 vezes ao dia. Mesmo que o filhote rejeite a ração nos primeiros dias, insista. Não tente dar nenhum tipo de comida, uma hora ele vai acabar comendo a ração e se acostumando com isso. Nunca dê ração para cão adulto, essa ração deve ser dada apenas quando o cão completar 1 ano.
  • Deixe os potes de água e ração próximos à caminha dele, e coloque algumas folhas de jornal um pouco longe, pra fazer as necessidades. DICA: Deixe sempre uma folha de jornal com xixi por baixo das outras limpas, assim ele se acostumará com o cheiro e fará as necessidades sempre no mesmo lugar.
  • Não alimente seu filhote com carne crua ou alimentos deteriorados. Alimentos preparados e vendidos comercialmente são a dieta mais segura, sendo nutricionalmente balanceados com melhor custo benefí­cio.
  •  A cama deve ficar em um local relativamente quieto para que possa dormir sem ser perturbado sempre que estiver cansado. Várias pessoas acham ideal um canto na cozinha ou na sala. Pode ser boa ideia fazer paredes ao redor da cama do animal por alguns dias para criar um pequeno “esconderijo” onde ele possa se sentir seguro e fora de perigo.
  • Todos os filhotes gostam de mastigar. Este é um comportamento normal e ajuda no processo de dentição. Dê a ele alguns brinquedos só dele para impedi-lo de pegar outros itens da sua casa. Os brinquedos não precisam ser elaborados, mas assegure-se de que não sejam tóxicos, grandes o suficiente para não serem engolidos e relativamente indestrutíveis. Se ele engolir objetos, eles podem ficar presos na garganta, estômago ou intestinos e podem ser uma séria ameaça à vida dele.

Dicas para quem tem um filhotinho de gato:

  •  Filhotes de gatos comem mais vezes ao dia do que a gente imagina. Comece com intervalos de três horas e vá aumentando progressivamente. Não se preocupe em programar o despertador para tocar de madrugada. Se eles estiverem famintos, você escutará.
  • Quando os bebês completarem quatro semanas de vida, já dá para substituir o famoso tetê pela ração amolecida no pratinho. Evite os recipientes de plástico, porque eles costumam causar alergias no nariz e no queixo. Vidro, cerâmica e alumínio estão liberados.
  •  Para estimular os dentinhos preguiçosos a trabalhar e acelerar o desmame, deixe sempre disponível um pote com ração seca natural.
  •  Deixe muitos brinquedos sempre à vista do seu gatinho, pois eles adoram brincar com tudo o que encontram pela frente. Em pet shops é possível encontrar vários, mas existem opções mais simples. Uma bola de papel ou um novelo de lã já vão fazer a alegria do bichano.
  • Mantenha seu gatinho com as vacinas em dia desde filhote. Isso o protege de várias doenças que podem comprometer a saúde dele. Dessa forma o bichano cresce forte e saudável para se divertir muito com você.
  •  Se você quiser salvar seu sofá e outros móveis, os arranhadores são fundamentais! Gatinhos adoram afiar as suas unhas, e os arranhadores são feitos especialmente para isso.

O importante é ser um dono responsável!

Como todas as coisas que valem a pena na vida, ter um filhote envolve responsabilidades e prazeres. Os prazeres são óbvios e as responsabilidades precisam ser consideradas. Suas responsabilidades não são apenas em relação ao filhote, mas também envolvem outras pessoas e o meio ambiente, por isso ame e cuide muito bem seu animalzinho.

 

Postado em: Animais Domésticos


1 Resposta de “Como cuidar de seus filhotes”


Resposta