Sobre nós

Levar desenvolvimento e qualidade de vida para as famílias sem comprometer o planeta. É assim que todos devemos nos comportar através da educação ambiental ao desenvolvimento de novas tecnologias produtivas, tendo o meio ambiente como prioridade. O aproveitamento das fontes renováveis de energia e soluções de eficiência energética ganham destaque nas iniciativas das empresas. Onde permitem elevar a qualidade de vida de famílias e incrementar atividades econômicas, no entanto, sem agredir a natureza. Projetos assim evitam a adoção de medidas com alto impacto ambiental. saiba mais »
Loja Redmax

Redes Sociais

RSS Feed Twitter Facebook Delicious

Cadastre seu e-mail

Venha conhecer muitos animais exóticos

Postado por Defensor da Natureza em 14 de outubro de 2013 recebeu: 0 Comentários »

Olá Defensores da Natureza, hoje vamos ter um post diferente, mas não tão diferente quanto aos animais que vocês irão conhecer hoje.

A natureza é algo incrível não é mesmo? A cada dia nos surpreende mais e mais, uma prova disso são esses bichinhos abaixo, será que você já viu algum deles? Confira agora!

Coelho Angorá: De origem turca, esta é uma das espécies mais antigas do mundo. Na França, por exemplo, estes animais eram apreciados pela realeza do século 18. Diante de sua popularidade na Europa, os coelhos angorás se espalhariam por diversas nações.

 

Axolotl: Os axolotls nada mais são que salamandras utilizadas em laboratório. A espécie é encontrada principalmente nas proximidades da Cidade do México. Na fase adulta, estes animais podem atingir entre 15 e 45 cm de comprimento. No caso dos machos, eles são identificáveis graças ao seu sistema de cloaca.

 

Pichiciego-menor: Um dos mamíferos mais raros do mundo, o pichiciego-menor também está entre os menores tatus já vistos e é um dos únicos mamíferos subterrâneos da América do Sul. É encontrado na Argentina e tem hábitos noturnos.

 

Dugongo: Embora possa atingir respeitáveis 3 metros de comprimento e meia tonelada de peso, o Dugongo é o menor membro da ordem Sirenia (da qual faz parte o peixe-boi). Acredite se quiser, seu nome deriva da palavra malaia para sereia (duyung).

 

Colugo: Graças a uma membrana que se estende pelas pontas dos dedos, pelos ombros, pelo tornozelo e pela cauda, o Colugo consegue planar entre árvores – o que é especialmente prático, já que escalar exige um grande esforço.

 

Kiwa hirsuta: Seu tamanho considerável (15 cm de comprimento) e os “pelos” que recobrem suas patas renderam a esse crustáceo o apelido de “caranguejo ieti”. Foi descoberto em 2005 no sul do Oceano Pacífico.

Tenrec listrado: Tenrecs são animais que se alimentam de insetos e que preenchem um nicho ecológico que em outros ecossistemas é ocupado por porcos-espinho, ratos e até ontras. Alguns tipos de Tenrec podem ser encontrados em outros lugares na África mas é só em Madagascar que as 30 espécies podem ser vistas.

 

Quantos animais exóticos não é mesmo? Conte nos através dos comentários, quais vocês mais gostaram amiguinhos e fiquem de olho no nosso blog que iremos publicar diversas novidades!

Postado em: Animais Silvestres, Curiosidades



Resposta