Sobre nós

Levar desenvolvimento e qualidade de vida para as famílias sem comprometer o planeta. É assim que todos devemos nos comportar através da educação ambiental ao desenvolvimento de novas tecnologias produtivas, tendo o meio ambiente como prioridade. O aproveitamento das fontes renováveis de energia e soluções de eficiência energética ganham destaque nas iniciativas das empresas. Onde permitem elevar a qualidade de vida de famílias e incrementar atividades econômicas, no entanto, sem agredir a natureza. Projetos assim evitam a adoção de medidas com alto impacto ambiental. saiba mais »
Loja Redmax

Redes Sociais

RSS Feed Twitter Facebook Delicious

Cadastre seu e-mail

A Zebra de Grant ou Zebra das planícies

Postado por Defensor da Natureza em 22 de novembro de 2011 recebeu: 2 Comentários »

O  por que as zebras têm riscas é ainda um mistério. Podem parecer todas iguais, mas, na realidade, não existe uma única igual. Estas variações individuais podem ajudar no reconhecimento social; outras funções para as riscas das zebras podem ser regular a temperatura ou criar um efeito para confundir os predadores.

As zebras, como animais de pastagem, alimentam-se de erva, preferindo as ervas altas.

Usam os lábios fortes e flexíveis para revirar os caules entre os afiados dentes incisivos, que arrancam a erva.

Uma zebra macho descobre se a fêmea está pronta a acasalar cheirando sua urina. A fêmea dá à luz um único potro que pode levantar-se em 15 minutos, mamar  e correr depois de uma hora.

As zebras de Grant vivem em grupos familiares que podem atingir 7 zebras fêmeas. Os jovens machos deixam o grupo quando atingem a maturidade.

Essas zebras podem ser encontradas nas pradarias abertas ou arborizadas da África desde o sul da Etiópia até o norte da África do sul e também através do continente até a Namíbia. São abundantes nos parques nacionais e outras reservas onde constituem uma atração turística.

Em outros locais, os números desceram devido a caça ou por redução da sua distribuição pelas manadas de gado, que competem com elas pela água e pasto.

Você sabia ??

- As zebras podem passar até 3 dias sem beber água

- As zebras migram nos territórios de postagem cerca de 600 Km²  em busca de erva fresca.

Postado em: Animais Silvestres


2 Respostas de “A Zebra de Grant ou Zebra das planícies”

  1. Eugênio disse:

    É permitido criar Zebras em cativeiro?
    Se for,aqui no Brasil tem alguém que cria?

    • Defensor da Natureza disse:

      Olá Eugênio,

      Em alguns lugares existem criações de zebras em cativeiros, como é o caso do Zoológico Ueno, no Japão e no Zoológico de São Paulo- SP, só é permitido criá-las em cativeiro para fins de pesquisa e caso elas precisem de cuidados especiais.
      O correto é manter todos os animais, inclusive a zebra livre em seu habitat natural.


Resposta